leitura

quinta-feira, 25 de junho de 2020

Olhares, livros e notebook


Texto da Flávia Pereira
Fotografia encontrada no We Heart It

Escrito dia 29/05/2020 - às 23:16 | Leia ouvindo Over My Head - Fleetwood Mac
Era um fim de tarde incomum e tinha uma energia diferente no ar. A luz do sol invadia o quarto e seu reflexo atravessava o chão, o tapete, a cama e descansava na parede. Amo esse momento tão delicado, acho poético. E além de achar poético, parece um sinal de esperança.

Estávamos deitados na cama, fazendo nada. Na verdade, ele estava mexendo no notebook, enquanto eu, estava lendo mais um livro de romance. De repente: trocas de olhares. Nossos olhos fizeram os nossos sorrisos desabrocharem feito flor. Foi eletrizante. Ele sorriu e voltou a mexer no notebook e eu, simplesmente continuei a olhar.

Queria ler cada entrelinha, cada palavra que ele transformava em pensamento. Desejava ler sua mente. Ansiava que ele soubesse o que me causava. Era intenso, sublime e verdadeiro.  Subitamente seus olhos se voltaram para os meus. Ele simplesmente tocou minha mão, pegou e deu um beijo, como um cavalheiro. Não precisávamos falar nada, o silêncio bastava.

Deixei o livro de lado e me enrolei na cama para tomar sol. Ele fez o mesmo e me envolveu com seus braços. O seu abraço era curador, quente, casa, conforto. Estar com ele ali, era tudo o que eu queria. Você fazia cada momento se tornar uma linda poesia.

E assim passamos o dia: sol, beijos, silêncio, abraços, olhares, livro e notebook.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Obs: Todos os textos escritos neste blog são de minha autoria, Flávia Pereira. Plágio é crime, está proibida a cópia de qualquer obra feita por mim sem os devidos créditos, de acordo com a Lei nº 9.610. segundo os Direitos Autorais.

terça-feira, 23 de junho de 2020

Minhas frases

Frases da Flávia Pereira

"Amanhã é um outro dia, mais um capítulo para deleitar."
Por: Flávia Pereira
Trecho do texto: "Histórias para dormir."
Publicado no ig dia  18/10/18
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Obs: Todos os textos escritos neste blog são de autoria minha, Flávia Pereira. Plágio é crime, está proibida a cópia de qualquer obra feita por mim sem os devidos créditos, de acordo com a Lei nº 9.610. segundo os Direitos Autorais.

2019,

terça-feira, 12 de maio de 2020

Querida intensidade

Fotografia encontrada no We Heart It


Escrito dia 26/09/2019 - às 14:39 | Concluído dia 18/04/2020 às 16:12
A intensidade percorre minhas veias
como quem grita dizendo: estou aqui!
Por mais que tento ignorar minhas emoções
elas me amarram para não impedi-las de
tomarem conta de mim.

"Admite, faço parte de você" diz a tal intensidade
que não entende que nem tudo precisa ser sentido 
com tanta carga emocional.

Seria mais fácil ter um botão para ativá-la
só quando for necessário.
Só para situações e pessoas que valem a pena.

Intensidade gera ansiedade.
Caos.
Sufoco.
Desespero.
E então o alívio.

Alívio aquele de ver que todo o desespero...
Foi precipitado.

Intensidade é fogo e água ao mesmo tempo.
É desejo, é vontade, é querer agir
Mas também, querer recuar.
É sonhar!

Intensidade é medo e coragem no mesmo momento.
Um brinde aos intensos, que sabem sentir de verdade.
E está tudo bem ser  assim.
Mas, seja intenso com quem merece
seu coração.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Obs: Todos os textos escritos neste blog são de minha autoria, Flávia Pereira. Plágio é crime, está proibida a cópia de qualquer obra feita por mim sem os devidos créditos, de acordo com a Lei nº 9.610. segundo os Direitos Autorais.